Como alguns profissionais se adaptam tão bem às mudanças enquanto outros sofrem para inovar e sobreviver?

É que muitos deles não têm os pilares e elementos internos para serem consideradas relevantes nesse momento tão desafiador.

O comprometimento com a excelência exige que o Treinador do Futuro aprenda sempre, planeje muito, treine seu cliente pensando mais no como, do que em que, e se conecte com ele e suas metas 24 horas por dia, 7 dias por semana. Defina suas possibilidades, não seus limites. Descubra seu melhor, e comece a fazer isso agora!

A diferença entre dar aulas e montar planos de treinamento é o resultado do cliente. Um plano considera prazos, metas e é elaborado com base nos objetivos, necessidades reais e o potencial de movimento de cada cliente.

O Treinador do Futuro é um eterno aprendiz.

O termo aprendizagem destaca a pessoa na qual a mudança acontece, Aprendizagem é o ato ou processo pelo qual a mudança comportamental, conhecimento, habilidades e a atitude são adquiridas.

A aprendizagem é uma mudança que o ocorre no indivíduo devido a sua interação com o ambiente e o torna mais capaz de lidar adequadamente com esse ambiente. A aprendizagem é o processo de descoberta da relação dos indivíduos com pessoas, coisas e ideias.

Acreditamos em uma abordagem da educação de adultos baseada em situações e não em disciplinas. Como treinador essa é uma via de mão dupla, se aprende e se ensina o tempo todo. O maior recurso nesse processo são experiências e aprendizados colhidos ao longo do tempo.

Aprendemos o que fazemos.

Considerando que como treinador, a experiência é o recurso mais rico para a sua
aprendizagem, a metodologia e as ferramentas certas para a análise dessas experiências são vitais e um recurso obrigatório para o treinador moderno.

O aprendizado do treinador moderno deve ser constante, e conectado com as suas experiências como professor, os feedbacks de seus clientes, e múltiplas fontes para aquisição de conhecimento, como cursos, livros, artigos e os vários meios digitais disponíveis.

Hoje o desafio não é a aquisição de novas informações, mas sim, a orientação para buscar as fontes certas, a sistematização, o método e a aplicação desses novos conhecimentos. Você deve estar pronto, e ter as ferramentas para poder se atualizar sempre.

O comportamento do nosso cliente enquanto se movimenta, e o conhecimento produzido na criação de múltiplos planos de treinamento, é fonte vital de aprendizado, mas é um conteúdo facilmente perdido se não for constantemente organizado e consolidado.